Em importante sociedade, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) juntamente com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA – Gado de Leite) realizaram uma parceria com o Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) contando ainda com o reforço dos Serviços Nacionais de Atividade Rural (SENAR) e Industrial (SENAI) a fim de efetuar a implementação do PAS Leite – Programa Alimentos Seguros com enfoque na produção de laticínios.

A partir do projeto estabelecido no dia 25 de julho de 2012, em Brasília, na sede do SEBRAE Nacional, serão oferecidas condições adequadas para a produção de leite, obedecendo aos requisitos do mercado e da legislação nacional, lançada em 12 de janeiro deste ano.

A Instrução Normativa nº 62 pretende estabelecer parâmetros para a qualidade do leite de acordo com a Contagem Bacteriana Total (CBT) e Contagem de Células Somáticas (CCS).

O ministro interino do MAPA, José Carlos Vaz apresentou sua opinião em relação ao programa, explicitando seu apoio à EMBRAPA, cuja eficiência é capaz de disponibilizar à sociedade serviços tecnológicos de qualidade, auxiliando também na fabricação de produtos naturais superiores.

A partir das alterações realizadas no processo de produção de laticínios, os produtores rurais participarão de programas de capacitação para que assim possam adequar-se às novas normas e regulamentações criadas pelo Ministério da Agricultura, a fim de manter como prioridade a garantia de uma produção efetiva.

A introdução do PAS Leite abrangerá todo território nacional, onde indústrias, empresas, cooperativas, associações, grupos e produtores interessados em participar do programa deverão entrar em contato com o SEBRAE, SENAR, SENAI ou Embrapa – Gado de Leite mais próximo de sua região a fim de adequar-se à reforma.