As pulgas são certamente irritantes, mas os sinais de sua infestação nem sempre são tão óbvios, especialmente se você está lidando com o problema pela primeira vez. Aqui estão algumas dicas que os veterinários recomendam observar para saber se seu cachorro tem pulgas.

  1. LAMBIDAS, MORDIDAS E ARRANHÕES

As pulgas são artrópodes oportunistas que procuram o sangue de nossos animais de estimação como fonte de alimento. As pulgas estabelecem tipicamente seu habitat nos lugares mais difíceis de alcançar (e ver), como a cabeça, o pescoço, a cauda, as axilas, ou a virilha. Lamber, morder ou arranhar nesses lugares geralmente indica a presença de parasitas irritantes como pulgas.

  1. ALERGIAS

A mordida da pulga pode causar alergias em alguns cães e gatos. A hipersensibilidade da picada de pulga pode causar erupções cutâneas ou lesões em qualquer parte do corpo de seu animal.

nexgard
NexGard mata pulgas adultas e é indicado para tratamento e prevenção de infestações por pulgas. Você encontra em www.agroline.com.br
  1. PERDA DE PELOS

Perda de pelos pode acontecer devido a uma reação a picadas de pulgas.  Cães ou gatos também podem puxar os pelos devido às mordidas contínuas ou ao lamber as áreas onde as pulgas mais incomodam.

Leia também: 5 produtos para tratar e prevenir pulgas em seu cachorro

  1. GENGIVAS PÁLIDAS

Gengivas pálidas é um sinal comum de anemia e pode ser uma indicação de que seu animal de estimação tem um caso sério de infestação de pulgas. Isso ocorre porque a quantidade de novos glóbulos vermelhos produzidos pelo seu animal de estimação não é suficiente para combater a perda de sangue que as pulgas estão extraindo do animal.

  1. “SUJEIRA” DE PULGA

Você notou pequenas manchas pretas ou avermelhadas no corpo do seu animal de estimação ou em áreas ao redor de sua casa? Isso pode ser “sujeira” de pulga, que nada mais é do excremento das pulgas composto de sangue digerido.

Procure o seu veterinário

Se você não pode encontrar nenhum sinal de pulgas reais em seu cão ou em seu ambiente ou se você tiver feito o tratamento completo de erradicação de pulgas, mas seu cão ainda está se arranhando excessivamente, é hora de procurar o seu veterinário. Ele irá ajudá-lo a determinar a causa do desconforto de seu animal de estimação e sugerir opções de tratamento e prevenção.